ISOBUS-Stack

Uma biblioteca forte em serviços

A biblioteca de comunicações ISOAgLib desenvolvida pela OSB AG, como parte de um sistema ISOBUS, garante todas as funções que devem estar presentes em um sistema de comunicação de dados eletrônicos conforme a norma ISO 11783, como por exemplo a exibição de interface de operação em um terminal virtual (ISOBUS VT) ou a gestão de tarefas na base de processamento de dados no Task Controller (ISOBUS TC). 

Para tanto, estão definidas na norma ISO 11783 todas as funções e interfaces específicas por máquina já implementadas, de forma que a inicialização no mundo ISOBUS seja bastante simples e sem complicações.

Outra vantagem do ISOBUS-Stack é a independência completa desse software de um hardware.  

“A instalação de um software de validação através de um fabricante de peças vai além das exigências comuns das normas de segurança. O integrador de sistemas se torna um auxílio importante neste ponto para a validação da integridade do sistema.”

Florian Jürß,
TÜV SÜD Rail GmbH
Automotive Department

ISOAgLib e ISOAgLib Safety Edition

Novo: Segurança funcional

Com base na experiência de longos anos com a Open Source Version, a ISOAgLib original, a OSB desenvolveu a ISOAgLib Safety Edition desde o princípio. Esta versão está em conformidade com as normas atuais de segurança funcional, sendo portanto “safety ready”. A implementação deu-se respeitando o SRL-2, correspondente à norma ISO 25119 e foi certificada com sucesso pelo TÜV em maio de 2017.

Comparando a ISOAgLib e a ISOAgLib SE, as vantagens do novo desenvolvimento são claras:

Implementação da norma ISO 11783/ISOBUS
Uso livre (se o código permanecer inalterado) conforme o modelo de licença Open Source
Licença comercial, incluindo atualizações para a versão mais atual da norma ISO 11783 e suporte geral ISOBUS
Certificação AEF ISOBUS garantida
Controle de qualidade através de resenhas
Controle de qualidade através de módulos automatizados, testes de interação e testes manuais de sistema para validação
Desenvolvido em conformidade absoluta com a norma ISO 25119 de segurança funcional
Não é necessária uma HEAP dinâmica, exceto a utilização de uma memória RAM estável (buffer e configurável)
Capacidade de compilação com um conjunto de compiladores C99 (e a maioria dos C90).
Uso otimizado de memória para a "Object Pool" do cliente VT.

Comparação dos níveis de requerimentos de sistema de desenvolvimento de software conforme a ISO 25119

Para garantir a segurança funcional de softwares de segurança crítica em operação, a norma ISO 25119 definiu diferentes níveis de requerimentos de software (SRL, sigla em inglês). Com crescentes exigências relativas à segurança de sistemas, aumentam também as exigências de planejamento, desenvolvimento e manutenção de qualquer software.

Além disso, a norma ISO publica regularmente a AEF, com diretrizes atuais e recomendações para implementação e interpretação de normas. Para sistemas de segurança relevantes na tecnologia agrária, a AEF recomenda a implementação conforme SRL 1. Mesmo assim, nós nos decidimos pelo desenvolvimento da ISOAgLib SE para SRL 2. As diferenças entre SRL 1 e SRL 2 em termos de planejamento, desenvolvimento e manutenção, podem ser consultadas na tabela abaixo.

Required methods regarding the software requirements levelSRL 1SRL 2
General
AgPL CoverageTotal coverage of AgPL=a and only partly coverage of AgPL=b and cTotal coverage up to AGPL=d
Corresponding SILMax. SIL 1*SIL 2*
Software safety requirements specification
Requirements specification in natural language
Description of software safety requirements with semi-formal and formal design methods
Usage of computer aided specification tools
Inspection of software safety requirements
Software architecture and design
Use of trusted/verified software modules and components to avoid the need for extensive revalidation or redesign for each new application
Semi-formal and formal design methods
Structured programming
Use of coding standards
Inspection of software design and/or source code
Software module testing
Boundary value analysis
Control flow analysis (detecting poor and potentially incorrect program structures e.g. inaccessible code, knotted code)
Data flow analysis (detecting poor and potentially incorrect program structures e.g. read variables before value was assigned, written but not read variables)
Walk-through/design reviews (detect faults as soon as possible during development)
Equivalence classes and input partition testing
Integration testing
Functional and black-box testing
Performance testing regarding response timings and memory constraints
Performance testing regarding performance requirements
Software safety validation
Test interface
Tests within the ECU network
Hardware-in-the-loop tests
Additional feature
Comprehensive System Validation Test**

*see Josef Börcsök: Funktionale Sicherheit, chapter 22.7

**This test suite provides the certainty that all safety requirements will be adhered to as intended and enables the validation of the expected performance of all functional requirements. In addition, it is carried out at the customer site as part of the delivery scope in order to verify seamless porting onto the relevant target hardware.

“Por que nossos clientes decidem-se pela ISOAgLib SE? É decisivo para eles a implementação da ISOAgLib SE conforme as exigências da SRL 2 de acordo com a ISO 25119. As diretrizes atuais da AEF levam em conta cenários de utilização com AgPL=c máximos, e por isso recomendamos uma implementação com SRL 1. Assim, oferecemos aos nossos clientes a mais elevada medida de segurança de investimento disponível no mercado. Com o crescente grau de automatização, elevam-se também as exigências de segurança funcional de um sistema. Com a ISOAgLib SE, nossos clientes escolheram um futuro certo e tecnologia duradoura. Outra razão é a alta e estável qualidade de software, garantida através de incontáveis testes e controles durante a implementação, realizados conforme SRL 2."

Martin Wodok
Manager Research & Development CCOCS

Panorama geral sobre as vantagens da ISOAgLib SE

Unkompliziert und hardwareunabhängig

Desde a integração flexível em seu ambiente de desenvolvimento, independência de hardware até a operação simples e intuitiva, veja aqui um panorama geral sobre as vantagens da ISOAgLib SE:

  • Implementações das partes importantes da ISO 11783 (partes 6, 7, 9, 10, 12, 13) extraídas do protocolo de base (partes 3 e 5).
  • Construção estruturada e clara devido à utilização constante de uma arquitetura de camadas.
  • Troca de hardware sem grandes modificações no software, possível devido à abstração de hardware.
  • A configuração flexível possibilita a adaptação otimizada de condições de base específicas.
  • API simples, elegante e intuitivo.
  • Introdução facilitada ao desenvolvimento ISOBUS.
  • O teste de validação do sistema tem a função de garantir a operabilidade da biblioteca com o hardware objetivo, e é ao mesmo tempo um aplicativo de exemplo completo.
  • A mais elevada segurança funcional através do desenvolvimento conforme a ISO 25119 com SRL 2.
  • Elevada confiabilidade através de automonitoramento completo.

Licenciamento da ISOAgLibSE e serviços

Você tem dúvidas sobre modelos de licenças para nossas soluções de software? Ou já tem ideias concretas para um projeto ou trabalho em conjunto conosco?

Temos o prazer de oferecer-lhe consultoria individualizada conforme suas necessidades.

ENTRE EM CONTATO CONOSCO!

  

Você está interessado em nossa solução Open Source? Então confira aqui no site dos produtos a versão gratuita!

IR PARA A SOLUÇÃO OPEN SOURCE